The Walking Dead


Depois de tirar a virgindade do game, voltamos para mais um review desse que foi um dos indicados a GOTY desse ano. Mas será realmente The Walking Dead a Telltale Games digno? Ou somente um razoável game de um ano ruim para os gamers?

Inspirado na série de mesmo nome e baseado inteiramente no HQ (Quem assistiu somente a série de TVpode se decepcionar um pouco), a Telltale traz para os gamers um universo paralelo ao dos HQs escrito por Robert Kirkman. Você assume o papel de Lee, um professor de história e culpado por um assassinato. Lee (que se assemelha bastante ao Tyreese dos HQs) que estava sendo levado por um polícial em uma viatura acaba sofrendo um acidente devido a colisão com um Walker. O Policial aparentemente está morto e Lee se vê sozinho em um mundo que até então, ele não sabia estar um caos.

  • GRÁFICOS

Os gráficos são cartunizados e aparentemente usa a tecnologia Cel Shading. Os gráficos são simples no entanto evoluem com o decorrer dos 5 capítulos e dependendo da ambientação, se sobressaem. No entanto, é evidente que a Telltale não quis dar enfase aos gráficos no Game procurando dar enfase em puzzles e no enredo. Os gráficos lembra o game Ultimate Spider-man lançado em 2005. O Game também conta com algumas configurações gráficas como sombras, qualidade geral e texturas.

  • AUDIO/TRILHA SONORA

Apesar de ter falado da inexistência da trilha sonora na coluna Primeira vez, para compensar isso, o game traz sons ambientes de alta qualidade além de uma “climatização” com sons característicos para cenas de suspense, ação, drama e etc.

  • OTIMIZAÇÃO DO GAME

O Game é razoavel no quesito otimização. Poderia e deveria ser melhor otimizado, no entanto, na transição de alguns cenários você vê leves travadas (Geralmente entre uma cena de interação e outra) que prejudica a fluidez do jogo. Além disso, jogando em 3D com uma GTX 550ti (Que considero ser mais do que o suficiente para o game) em algumas cenas mais focalizadas há uma variação razoavel de FPS mas que não consegue arruinar sua experiência.

  • GAMEPLAY

A jogabilidade é o ponto do jogo e ela já de início causa amor/odio entre os Gamers. Players mais novos podem odiar a jogabilidade Point ‘n Click por ser considerada monotona e linear, no entanto, os Gamers da velha guarda e jogadores que curtam um bom enredo irão gostar. O Game possui jogabilidade bastante semelhante a games clássicos como Broken Sword e Monkey Island com algumas leves modificações e que pode ser desagradável algumas vezes como por exemplo a quase ausência de um inventório. É realmente frustrante ver pessoas tentando sobreviver a uma catastrofe sem carregar uma mochila ou bolsa para que consiga guardar coisas, usando somente seus bolsos e mãos para carregar itens.

O game também é linear e ao mesmo tempo não é. Grande parte dos objetivos só consegue ser alcançados de maneira linear, principalmente em cenas de ação e muitas vezes, só existe uma maneira de se resolver determinado puzzle no entanto, essa linearidade é ofuscada pelo tratamento que a trama se dá. Praticamente TODA decisão que você toma interfere no futuro de forma indireta ou direta. Você pode escolher matar X pessoa ou fazer determinada ação que isso irá interferir la na frente MUITO antes do término do jogo, oque gratifica os players pois tomar todas as ações para só no fim ver o resultado delas é um tanto frustrante.

Praticamente cada capítulo tem 5 importantes ações que você deve tomar e no término deles, aparece uma tela mostrando qual delas foram tomadas e quantos jogadores tomara a mesma medida que você. Com isso, o próximo capítulo segue o rumo dessas ações tomadas no capítulo anterior (Algo nunca visto por mim até então e simplesmente fantástico.)

Assim como nos HQs (Que parei no número 45) o game retrata bem o espirito de sobrevivência, conflitos diários internos e externos do grupo. É realmente muito interessante você tomar certas atitudes e mais para a frente ver outra pessoa tomando a mesma e ter que confronta-la por conta do seu bem estar ou do grupo. É um game com alto teor psicológico.

Como ponto fraco do game, para quem já leu os HQs, muita das coisas cruéis ou inesperadas que ocorrem no game foram copiadas, xerocadas, mimeografadas e pirateadas do HQ. O que pode passar uma sensação de que o game copiou coisas dos HQs e inseriu no game com novos personagens e com objetivos diferentes. (O que não deixa de ser verdade).

O Game ainda conta com diversos personagens presentes nos HQs como Gleen e Hershel e que devido os acontecimentos com esses personagens, dá a se entender que o game da Telltale Games se passa depois (Ao menos em alguns capitulos) dos acontecimentos do HQ.

Apesar de a maioria dos personagens não serem os mesmos da série televisiva ou quadrinhos, todos os personagens de The Walking Dead são altamente carismáticos, e com personalidades bastante distintas. Você dificilmente verá um personagem e se esquecerá dele.

  • BUGS

Durante a jogatina notei um bug no uso simultaneo do Teclado e Mouse onde não consegui jogar o game devido os botões do mouse não funcionarem.

  • MENUS E HUD

Os Menus e HUD são bastante simples e de baixa resolução

  • SUPORTE AO 3D

O Game possui um bom suporte a 3D, no entanto, caso se jogue com um gamepad, em certas cenas de interação onde se tem que apertar algum botão como A, B, X ou Y, caso se jogue em 3D os botões aparecem duplicados na tela. Fora isso, o 3D é espetácular.

  • MODOS DE JOGO

O game conta somente com o modo campanha

The Walking Dead (5 Cápitulos) pode ser encontrado no Steam por R$44,99

_______________________________________________________

2 Respostas para “The Walking Dead

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s