Review: Tomb Raider She’s Rocking all the Way!


Depois de tirar a virgindade do game, voltamos para mais uma análise e dessa vez com algumas colunas extras em relação aos reviews anteriores desse reboot da série. Desenvolvido pela Crystal Dynamics / Eidos e distribuido pela Square Enix, Tomb Raider é um game de aventura/ação em terceira pessoa com alguns elementos de RPG e sobrevivência.

Enquanto Xuxa usa Monange, Lara usa Tresemmé! Confira você mesmo o visual dos cabelos de Lara com a tecnologia TressFX!

O Game foi lançado com o “patrocínio” da AMD e como pioneiro na nova tecnologia (Provável concorrente do PhysX) TressFX onde dá muito realismo aos cabelos de Lara e que em troca disso os FPS cairão consideravelmente e principalmente em GPUs nVidia. O efeito é realmente espetacular e corresponde ao Hype criado, no entanto já vímos efeito bastante similar em Alice Madness Returns (2009) com a utilização do PhysX (nvidia) não só no cabelo quanto em grande parte do cenário.

Apesar de Alice Madness Returns apresentar efeitos belíssimos nos cabelos de Alice, é inegável também que a movimentação dos cabelos de Lara é superior (Até mesmo por conta dos anos de diferença entre os 2 games 2009~2013)

Se eu for falar que se o jogo utilizasse o PhysX seria mais leve  o pessoal da AMD irá me ‘engolir’ no entanto é inegável isso até mesmo por conta de ser uma tecnologia nova. No entanto, é plausível que o pessoal que utiliza AMD vá a forra (Ao menos temporáriamente pois a nvidia lançará um patch de perfomance) já que sofreram anos com diversos games “powered by nvidia” tendo melhor desempenho em GPUs nvidia. Lembrando que TressFX não é exclusivo da AMD como o PhysX.

Mas chega de falar de penteado e cabelo que isso daqui é um blog de gamers e vamos falar do jogo!

Os gráficos são um dos mais lindos apresentados em jogos até hoje! Consegue superar obras primas visuais como The Witcher 2 e Max Payne 3!

Sem dúvidas nenhuma um dos pontos fortes do jogo são os gráficos e o teor artístico dele. Durante o gameplay, tive diversos déjà vu de excelentes jogos PoP Sands of Time, PoP Warrior Within, Tomb Raider Underworld, Max Payne 3, The Witcher 2, Far Cry 3, Uncharted e outros. Alguns deles falarei agora e outros mais pra frente.

O game possui uma câmera pré definida para determinadas cenas o que dá um teor cinematográfico muito grande para o jogo onde algumas vezes a câmera se afasta de Lara mostrando toda a grandiosidade do cenário e outras focalizando o rosto e expressões para dar mais realismo ao jogo.

Tomb Raider conta com diversos efeitos visuais como Post Processing, Tesselation, High Precision, Anti Aliasing, Anisotrópic e outros mas o destaque do game fica por conta das texturas em altíssima resolução. Chega a ser espantoso a qualidade das texturas utilizadas no jogo. Só havia visto texturas tão boas em The Witcher 2 mas as apresentadas em Tomb Raider consegue superar principalmente pela melhor geometria de objetos e personagens.

A qualidade das texturas é tão boa que você conseguirá ver os poros da pele de Lara, machucados, arranhões, hematomas e contusões. Isso também ocorre em todos os outros personagens principais mas não para por ai! A qualidade dos objetos e geometria é avassaladora!

Os cenários foram muito bem elaborados e possuem uma biodiversidade muito rica! As florestas são muito realistas assim como os cenários na neve, em construções, cavernas, “Desertos”, Orientais e etc. Eu só senti falta de um cenário com missões sub-aquáticas mas nada que comprometa o game.

A utilização dos efeitos de Post Processing e principalmente Depth of Field são espetaculares! Durante o gameplay tanto em Mira quanto andando, correndo, escalando, pulando, deslizando o Depth of Field estará presente de maneira impecável.

Drama, Apreensão, Suspense, Terror, Ação e Instinto! Se prepare para momentos de muita adrenalina no novo Reboot da série!!

O Novo Tomb Raider consegue trazer para o jogador um leque de emoções. Confesso que a bastante tempo não fiquei tão apreensivo em um game ou se eu já fiquei tão apreensivo em um game quanto jogando Tomb Raider. No gmae você terá diversos momentos de suspense, Terror e Drama algo até então nunca visto em um jogo da série.

No quesito Drama e até mesmo na interatividade com o jogador, o game lembra bastante Alan Wake só que sem a dramaticidade de “Ter que sobreviver” que Tomb Raider passa. além disso, como Lara sempre interage indiretamente com o jogador, você ficará ainda mais imersivo no gameplay e cenas comuns em outros jogos serão mais marcantes para você pois “É uma pessoa de verdade (Lara) que está ali”.

Eu procurei o game inteiro tentar parecer agir o mais real possível (Algo que só fiz uma vez em Prince of Persia Sands of Time) onde ao se machucar ou em momentos de suspense, procurei não sair correndo ‘like a sex machine of war‘ preferindo ser mais cauteloso pois como disse anteriormente, uma ‘pessoa de verdade’ estava naquela situação! Isso pode ter aumentado o fator Drama e suspense do game no entanto, recomendo que todos façam o mesmo.

A ação e o teor cinematográfico também rola solto no game. Falei na Primeira vez que de início, o jogo possuía muitas QTEs e que não queria ver esse título se transformar em um “jogo de apertar botões” e realmente não aconteceu. As QTEs e os reais gameplays são bastante espaçados então você realmente se sentirá no papel de Lara e não assistindo um filme de Lara.

O Game conta com diversas cenas de tirar o fôlego que se repetem algumas vezes em diferentes cenários, mas não compromete em aspecto nenhum o gameplay principalmente pelo fato de que ao jogar uma dessas cenas, você sentirá vontade de joga-la novamente então poder repetir os efeitos com adição de outras ações soa perfeito.

O Game trouxe um slogan de “The Survivor is Born” e realmente correspondeu perfeitamente no entanto, apesar de no início do game você já ser obrigado a caçar animais para se alimentar, Lara não faz mais isso durante todo o jogo. Idem para o acampamento que no início é algo bastante dramático e lhe passa sensações de “Tenho que sobreviver”  no entanto, com o decorrer do jogo os diversos acampamentos que você terá servirá somente para fazer upgrades de habilidades. Isso é algo que me deixou dividido. Esperava mais elementos de sobrevivência como em Metal Gear Solid 3: Snake Eater no entanto, com o decorrer do jogo isso fica em segundo plano. Você não irá precisar de procurar alimentos, água ou acampamentos para se abrigar da chuva. Acho que uma barra de Stamina e um período de transição de tempo seria o ideal para esse Tomb Raider já que forçaria os jogadores a caçar e tentar sobreviver em meio as dificuldades.

Apesar dos aspectos da “sobrevivência como ela é” ter sido deixado de lado com o decorrer do game, isso já era algo “esperado” já que a Crystal Dynamics havia dito que queria que o jogador sentisse a transição da personalidade de Lara de uma menina indefesa para uma verdadeira heroína, e isso, realmente acontece no jogo a começar pelos dialogos!

“Oh meu Deus! O que é isso! Quanta dor, quantas pessoas mortas” (…) “Tomem isso seus malditos! Irei matar todos vocês!” A transição de personalidade de Lara Croft!

Lara começa sua aventura nos Triangulo do Dragão como sendo uma garotinha “indefesa” e termina a aventura como uma verdadeira heroína Badass digna de meter a porrada no Sam Fisher e Solid Snake juntos! Como existe homens no grupo, eu particularmente me sentiria mal em ser protegido e ver todos os feitos importantes sendo executado por uma garota (Mesmo ela sendo uma Croft!)

Apesar disso, o que vemos no jogo é uma transição muito bem definida da personalidade de Lara. Eu curto jogos com teor dramáticos então particularmente preferia que o lado Badass de Lara fosse mostrado talvez na sequência desse Reboot mas não foi o que ocorreu. Em alguns dias no jogo (2) você já percebe uma mudança no comportamento de Lara que mostra mais astúcia, personalidade e frieza e tudo isso graças a excelente dublagem da atriz Camilla Luddington que deu vida a Lara e a tornou mais humana.

Como disse anteriormente, Lara sempre fala consigo mesmo durante o gameplay, e no início é comum você ver ela muito assustada e com medo por frases como “Oh my god!” e suspiros de medo (Joguem com o volume no máximo!) Com o decorrer do game apesar de ela continuar com alguns suspiros de aflição, ela já mostra sua personalidade aguerrida e solta frases como “É isso mesmo! Corram todos seus malditos!” e “Eles irão pagar pelo que fez”.

Jogabilidade Primorosa: Adapte-se, Sobreviva!

Além dos gráficos, sonorização e dublagem primorosas, a Jogabilidade também é excepciona! (Apelou hein Crystal Dynamics?) Apesar da física em certos momentos não corresponder muito bem, de maneira geral lembra bastante a física de Max Payne 3. Nos momentos “Tomb Raider”  do jogo, você se sentirá como Max Payne metendo bala em todo quanto é tipo de criatura (Eu disse Tudo quanto é tipo mesmo!) Em um jogo eu confesso que nunca tive que utilizar tantas armas (obrigatoriamente) como em Tomb Raider. No jogo você pode ter até 4 armas sendo elas uma pistola, um Arco e Flechas, uma shotgun e um Rifle.

No jogo haverá diversos tipos de inimigos onde devido suas características, você será praticamente obrigado a utilizar várias armas. Haverá inimigos com Armaduras onde uma Shotgun fará o trabalho de explodi-las para em seguida você finalizar com o Rifle ou a própria “12”. Outra curiosidade é o sistema de IA que é muito bom e os inimigos aleatoriamente farão uma investida contra você caso eles estejam armados ou se eles estiverem utilizando somente arcos, irão preferir atacar a distância, sendo assim, muita das vezes enquanto estão lhe flanqueando alguns virão para fazer ataques corporais e é nessas horas que a shotgun entra em cena!

O game conta com um sistema de Skills e Upgrades de itens e armas (Que pode ser acessados através do acampamento) onde você conforme vai “atuando” bem no jogo, isso é, headshots, coletando itens e etc você acrescentará pontos que ao final, lhe renderá pontos de skills para gastar entre diversas modalidades. O Sistema de upgrades de armas é similar mas conta com a coleta de “Salvagare” que pode ser traduzido literalmente como “Tralha” ou “Tranqueira”. Você vai coletando e abrindo caixas no decorrer do jogo e armazenando pontos que no final lhe dará a oportunidade de desbloquear upgrades para as suas armas.

Existe ainda o sistema de Stealth Kills que funciona bem mas que conta com o diferencial de poder ser evoluído com o decorrer do game. Nas Skills existe opções para evolução onde você consegue não somente stealth kills como “nocautear” seu oponente de maneira que você conseguirá derrotá-lo somente com golpes corporais utilizando esquiva e enfiando flechas na garganta ou nas pernas de seus oponentes e até mesmo enfiando uma “Picareta” na cara de seus adversário! (Eu disse que ela ficaria selvagem no decorrer do game)

No game ainda existem diversos ítens a serem coletados, entre eles, livros que contam histórias e alguns acrescentam a história central da trama e também artefatos antigos.

Tomb Raider está disponível no Steam por R$84,99

NOTA DO AUTOR: Tomb Raider 2013 é primoroso em todos os sentidos e é um jogo “Must Buy”. Você verá a transição de personalidade para Lara e no decorrer do jogo perceberá que Lara está Detonando tudo ao som de AC/DC!

6 Respostas para “Review: Tomb Raider She’s Rocking all the Way!

  1. De início tinha minhas dúvidas sobre esse reinício da série. Um dos motivos foi um vídeo divulgado que parecia “muito shooter”.
    Todos elementos juntos, a Crystal Dynamics criou um jogo diferente. Poucos jogos recentes me passaram essa sesanção de estar jogando algo realmente diferente.
    Dublagem e enredo sempre foram pontos fortes dos jogos da Crystal Dynamics (como ocorria nos Legacy of Kain também).

    Resumindo o que penso: Melhor jogo do ano, e um dos melhores já criados.

    • Concordo… Acho que esse TR abriu caminhos para um novo gênero… o “Survival” onde existe uma dramaticidade e interação muito grande do protagonista com o jogador…

  2. Duas surpresas aqui: uma análise muito bem feita e uma nota dez?! Eu só acho que o game, por ter muitas referências em outros jogos (eu me senti jogando Uncharted em uns 50% do tempo) acaba tendo uma confusão de personalidade…Fora isso, o jogo é excelente! Abraço

    • Talvez seja por que eu nunca joguei Uncharted. Mas de qualquer maneira, se a série Uncharted for igual a esse Tomb Raider, também daria 10.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s