Review: Daxter – O Salvador!


INFORMAÇÕES

NOME COMPLETO: DAXTER
DISPONIBILIDADE: PSP 
PLATAFORMA: PSP
DESENVOLVEDORA: Ready at Dawn
EDITORA: Sony
ANO DE LANÇAMENTO: 2005
GÊNERO: Aventura
DOWNLOAD: PSN

Em Daxter, é muito interessante ver como o rumo do jogo se transforma ao decorrer da trama, Daxter precisa encarar uma verdadeira batalha para salvar Jak em um “plano de vista” minimalista em relação aos atuais acontecimentos e os que estão por vir (Que ficarão a cargo de Jak resolver). Excelente concepção da ReadyatDawn!

SOBRE O JOGO

Desenvolvido pela Ready at Dawn (Mesma desenvolvedora de God of War Chain of Olympus e Ghost of Sparta), Daxter é um game de aventura em terceira pessoa onde você encarna o papel do anteriormente coadjuvante Daxter. Daxter é uma Doninha (Para quem curte pokémon, mesma espécie do Quilava) misturado com Suricato (Timão de Timão e Pumba) com coloração laranja sendo ele o mascote de Jak, um jovem guerreiro de Haven City.

No jogo, Jak foi preso e Daxter precisa salva-lo. Para isso, Daxter  se “inscreve” em um emprego de Inseticista na empresa de Osmo. Daxter então começa a trabalhar “disfarçado” fazendo missões de inseticista. A questão é que Daxter simplesmente se esquece do por que estar trabalhando para Osmo e só depois de ver Jak sendo levado para outra prisão lembra que precisa salvar o amigo.

A partir daí, aquilo que era um “jogo infantil” se torna uma verdadeira missão de resgate.

GRÁFICOS

ATENÇÃO! OS GRÁFICOS DO JOGO SÃO 30% MELHORES NA TELA DO PSP DO QUE NAS FOTOS MOSTRADAS.

Sendo um dos primeiros jogos lançados para o PSP, é de se esperar que os gráficos do jogo não sejam dos melhores, no entanto, não é isso que ocorre. Daxter possui um dos mais belos gráficos do PSP. O padrão gráfico é o mesmo de God of War Chain of Olympus e Ghost of Sparta. Com cenários bélissimos, texturas de boa qualidade (para o PSP) e excelente modelagem 3D, Daxter (Apesar de antigo) se destaca entre muitos jogos mais recentes lançados para o PSP.

A qualidade das cutscenes peca um pouco na qualidade visual. Com um “padrão PS2”, a qualidade do vídeo com que elas foram gravadas prejudicou um pouco a qualidade da imagem mas não chega em nenhum momento comprometer o game.

Com cenários enormes (Eu diria que maiores que os apresentados nos jogos God of War do PSP) a qualidade e acabamento impressiona, no entanto, há uma perceptiva queda do framerate quando se está em uma área mais aberta (Geralmente em Haven City e não nas missões). Não chega a comprometer mas é algo que poderia ser mais polido.

As sombras também funcionam de maneira muito eficiente, ainda mais se comparando ao PSP. Daxter é completamente modelado em sua sombra não ficando somente aquele “Circulo escuro” em baixo dele. Em contrapartida, os serrilhados são algo bastante perceptíveis no game e podem desagradar os mais “grafistas”.

SONS E TRILHA SONORA

A Trilha do Game é padrão Jak & Daxter. Não existe músicas no jogo e sim instrumentais e nenhuma chega a ficar grudada em sua cabeça como em Locoroco e principalmente Burnout Legends, mas são trilhas sonoras que correspondem bem com o game. O Game tem como ponto forte a dublagem dos personagens em especial Daxter e Ximon (Filho de Osmo).

O Game possui um ponto forte muito grande no humor e os dialogos são extremamente bem feitos e dá muita vida aos personagens (Em especial os 2 citados acima). Daxter possui uma personalidade muito marcante e carismática soltando algumas pérolas e cantadas como:

“Depois de concluído o trabalho acho que mereço uma recompensa…” (Piscada de olho para uma garota)

“Desculpe garotas, de maneira nenhuma queria ver vocês de biquini… hehe”

Daxter possui uma semelhança muito grande com Prince em Prince of Persia Sands of Time com seu lado sarcástico e bem humorado, mas as semelhanças não param por ai!

JOGABILIDADE

A muito tempo eu não jogava um game de aventura com uma mecânica e jogabilidade tão boa quanto em Daxter. Eu confesso que fiquei bastante surpreso com o tipo de mecânica apresentado para um jogo em um portátil e ainda mais sendo lançado em 2005. O Game conta com diversas idéias e funcionamentos que eu pelo menos, nunca vi em outro jogo e diversas outras integrações que lembrará diversos clássicos.

No início do game, com o controle de Daxter, você possui a tradicional life bar e uma “Raquete elétrica” para matar os insetos e com o decorrer do jogo, você ganhará um verdadeiro Inseticida (Similar ás tranqueiras utilizadas pelos Caça Fantasmas) que receberá upgrades. Entre eles um Lança Chamas e um “Raio Ultrassônico”.

As habilidades de Daxter também são bastante comuns no início do game e não possui muitas variações. Você tem já o tradicional Pulo, Pulo Duplo, agachar, ataque e utilização de itens.

MECÂNICA & SIMILARIDADES

O jogo possui diversas inspirações e inovações em suas mecânicas. Em muitas fases Daxter terá que se agachar por dutos de ar lembrando MUITO Snake em Metal Gear Solid, ele se pendurará em grades e cordas para escalar ou alcançar lugares mais alto, ele fará “Downhill” em cordas e em riachos além de pilotar diversas “naves”. Além disso, ele deverá “Flutuar” pelo cenário por um curto período utilizando o seu Inseticida para também alcançar outros lugares.

Isso é somente uma “pequena palhinha” do que o game lhe guarda. Durante o jogo, você terá por exemplo que esquentar molas com o seu lança chamarpara que ela se dilatem e acionem objetos, derreter gelos, quebrar paredes e fazer verdadeiras “corridas de Gato e Rato” contra Insetos gigantes.

MINI GAMES

O Game ainda conta com diversos mini games que são ativados através de sonhos e são muito úteis para o desenrolar do game. Para ativa-los, basta levar Daxter até a cama e ele dormirá. Os mini-games são ativados coletando os Orbs. Através dos mini games de sonhos você consegue upgrades para Daxter como Aumento da barra de vída, novos golpes e outros. A maioria dos mini games são paródias de filmes populares até a data de lançamento do jogo, entre eles Matrix, Matrix Reloaded, Coração Valente, Senhor dos Anéis 1 e 2 e Indiana Jones.

Além disso, o jogo conta com um verdadeiro “Pokémon” embutido. Se chamando Bug Combat. Nele, você seleciona os insetos que quiser tendo cada um deles 3 ataques sendo que um “Ganha” de outro e “perde” para outro, similar ao JO-KEN-PO (Pedra, Papel e Tesoura).

DIFICULDADE

Durante o início do game, você terá a sensação de ser um jogo infantil por conta do protagonista principal e até mesmo por conta do enredo proposto e isso de fato ocorre, no entanto, é nítido com o passar do jogo que o game não é voltado para o público infantil. SÉRIO!

O game é um jogo de Aventura (Não vou citar ação por que não tem tiro, espadada e outras coisa) com diversos puzzles no estilo Prince of Persia. Além disso, os cenário são exageradamente grandiosos fazendo com que facilmente você se perca. Eu mesmo me perdi dezenas de vezes durante o gameplay, imagine uma criança? (Não, eu não sou newbie). Como se não bastasse isso, os puzzles e o modo como é necessário interagir com o cenário se equivalem aos de games como Limbo e da série Prince of Persia do PS2 (SoT, WW e T2T).

Além disso tudo, o jogo ainda possui diversos mini-games, boss e estratégias necessárias para se passar de determinada fase e que definitivamente MUITAS crianças não conseguiriam. Além disso tudo, a sua life bar não é das maiores e com 3 a 5 golpes sofridos você morre, no entanto, o game conta com um sistema de checkpoints. Só para você ter uma idéia, eu “morri” mais nesse jogo do que em God of War Chain of Olympus.

Outro ponto que aumenta consideravelmente a dificuldade é a inexistência de um mapa durante as missões. O Mapa só é disponível em Haven City para você ver onde “acionar” as missões. Dentro das missões, algum NPC lhe diz o que deve ser feito e NENHUMA ajuda de como fazer a missão lhe é dada e muito menos a localização de determinados itens necessários para concluí-las. é tudo feito NA UNHA! Como diria Cauê Moura, o “Bagulho é doido”!

CONCLUSÃO

+ Gráficos Excelentes
+ Personagem carismático
+ Excelente mecânica
+ Puzzles Criativos
+ Boa jogabilidade
+ Humor Excelente
+ Mini Games engraçados
– Um pouco repetitivo

DAXTER é um jogo que apesar de “infantil” deveria ser jogado por todos os marmanjos que possuem um PSP. Excelentes tiradas e algumas até com teor 18+ de Daxter. Confirmado o por que de ser por muitos um dos TOP Games para o PSP. Recomendado a todos!

PLUS

Então será somente eu e você baby, iniciando a civilização novamente!

Oque você é? Menino ou Menina? Deixe me ver… tão pequeno… difícil dizer!

Frases ditas por mim durante o gameplay
 "Pega na minha benga velhote!" - Daxter em cima da mesa com Osmo
 "Burn!!! Burn with fire bitches!!" - Daxter matando Aranhas com fogo
 "Puta que o pariu! tá me irritando já!" - Irritado com a dificuldade
 "Hahaha Daxter, sou seu fã!" - Daxter dando cantada
 "Auhauhauhauahuhauah" - Daxter conferindo a "Benga" de Tik Tik

2 Respostas para “Review: Daxter – O Salvador!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s